Pular para o conteúdo principal

O QUE É A JARI?



JARI significa Junta Administrativa de Recursos de Infração.

Estabelecida pelo Código Brasileiro de Trânsito, ela compõe o Sistema nacional de Trânsito – SNT que tem como outros integrantes, o Conselho Nacional de Trânsito – CONTRAN, os Conselhos Estaduais de Trânsito – CETRANS, o Conselho de trânsito do Distrito Federal, os órgãos e entidades executivos de trânsito da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, os órgãos e entidades executivos rodoviários da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, a Polícia Rodoviária Federal, as Polícias Militares dos Estados e do Distrito Federal, tudo conforme Art. 7º do CTB.

O Art. 17 do CTB ensina qual a competência da JARI:

Art. 17. Compete às JARI:

        I - julgar os recursos interpostos pelos infratores;

     II - solicitar aos órgãos e entidades executivos de trânsito e executivos rodoviários informações complementares relativas aos recursos, objetivando uma melhor análise da situação recorrida;

      III - encaminhar aos órgãos e entidades executivos de trânsito e executivos rodoviários informações sobre problemas observados nas autuações e apontados em recursos, e que se repitam sistematicamente.

Primeiramente, a JARI tem como principal objetivo julgar os recursos interpostos pelos cidadãos que supostamente foram autuados em qualquer infração de trânsito. Depois de aplicada a penalidade, a JARI julga os recursos em 1ª instância administrativa, depois que a defesa prévia é indeferida.

Ela também deve solicitar informações junto aos Órgãos de trânsito, sobre a infração que está sendo julgada para ter uma melhor análise do caso.

Também, ela deve encaminhar informações aos Órgãos de trânsito, sobre problemas observados nas autuações, que se repetem continuamente e que ainda não tem uma solução. 

Em outras palavras, a JARI não julga apenas os recursos, ela deve interagir com os Órgãos autuadores para uma melhoria contínua de ambos, uma vez que um depende do outro para julgar e aplicar penalidades de trânsito, ou absolver motoristas flagrados em infrações, para que ocorra um julgamento mais justo.

A JARI não julga apenas os recursos em 1ª instância de multas de trânsito, mas também os recursos de Processos de Suspensão do Direito de Dirigir – PSDD e de Cassação do Direito de Dirigir - PCDD.

A Resolução 357/10 do CONTRAN estabelece diretrizes para a elaboração do Regimento Interno das Juntas Administrativas de Recursos de Infrações –JARI. Caso a JARI não cumpra o determinado nesta Resolução, entendemos que seua atos são nulos e como consequência o julgamento dos processos administrativos de multas ou de PSDD e PCDD.

Espero ter ajudado


Marcelo Vaes

Brasil Assessoria e Consultoria de Trânsito
Escritório especializado em Defesas e Recursos de Multas de Trânsito e em Processos de Suspensão ou Cassação do direito de dirigir.
“Nosso compromisso é com o seu Direito”



Comentários

  1. MAS QUEM CRIA A JARI A PREFEITURA OU O DETRAN DA CIDADE

    ResponderExcluir
  2. Fui multada em 27/02/2015, a data da postagem da ECT foi 09/06/2016 e a data de expedição ĎPRF foi 27/02/2015, como faço este recurso (o que posso alegar)?

    ResponderExcluir
  3. Fui multada em 27/02/2015, a data da postagem da ECT foi 09/06/2016 e a data de expedição ĎPRF foi 27/02/2015, como faço este recurso (o que posso alegar)?

    ResponderExcluir
  4. Boa noite!
    Recebi uma NOTIFICAÇÃO DA PENALIDADE sem antes receber uma AUTUAÇÃO. Devo entrar com recurso por esse motivo. Obs:não foi eu quem cometeu a infração.

    ResponderExcluir
  5. Considera erro para anular autuação o fato de ter no local km 16000 e não 16 ou 16,000 já q 16000 não existe?

    ResponderExcluir
  6. Bom dia recebi uma Multa do fotosensor,que diz que a velocidade é de 50KM,e consta que eu passei em 58 KM ,E CHEGOU O VALOR DE 130,16 mais a multa só chegou no dia 25/07/2017. mais a multa só foi aplicada no dia 13/05/2017,essa multa já prescrevel??????

    ResponderExcluir
  7. Encaminha-se o recurso endereçado a um presidente, a um secretário, etc ou é simplesmente à jari?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MODELO DE DEFESA DE MULTA EXCESSO DE VELOCIDADE – AUTUAÇÃO FEITA POR MEIO DE RADAR, BARREIRA OU LOMBADA ELETRÔNICA

Postamos aqui um modelo de defesa (ou Recurso) contra a penalidade de excesso de velocidade constatada por meio de aparelho medidor, seja, radar ou lombada eletrônica, tudo com base na Resolução do CONTRAN 396/11 que trata dos procedimentos para a fiscalização da velocidade de veículos automotores, reboques e semirreboques, conforme o Código de Trânsito Brasileiro.
Ressaltamos que sempre é interessante o leitor procurar um profissional especializado para montar uma defesa mais técnica e precisa para o seu caso, uma vez que nem sempre os modelos prontos são os melhores, porque pode haver algum erro na notificação da multa que enseja a sua anulação, e a pessoa que não conhece a Lei não poderá vê-la. Se você precisa de uma defesa técnica e personalizada, entre em contato conosco pelo E-mail: contato@multasbrasil.com.br que teremos o prazer em lhe ajudar.
Segue o modelo abaixo:
ILMO. SR. DIRETOR... (colocar o nome do órgão destinatário, que é o expedidor da notificação, seja municipal, estad…

COMO INDICAR O CONDUTOR FORA DO PRAZO PREVISTO NO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO (TUDO O QUE O DETRAN NÃO QUER QUE VOCÊ SAIBA!)

COMO ANULAR UMA MULTA DE TRÂNSITO MESMO SENDO CULPADO? (SEGREDOS QUE OS ESPECIALISTAS NÃO TE CONTAM!)

Muitos clientes nos procuram para fazer uma defesa de multa, não acreditando que possa ser anulada mesmo que ele tenha cometido a infração. Depois de certo tempo quando vem o resultado do julgamento, ficam surpresos porque a multa foi anulada.
Estes “segredos” eu quero compartilhar com você aqui no blog Consultor de Trânsito, para demostrar que mesmo se você cometeu uma infração de trânsito ainda é possível ter esta penalidade cancelada, ou seja, mesmo que você seja culpado. Duvida? Então me acompanhe neste artigo que vou lhe mostrar como.
Basicamente se anula uma multa de trânsito mesmo sendo culpado de 2 maneiras:
(Existem outras formas, mas estas considero como sendo as principais e mais importantes)
1 - Erros Processuais 2 – Erros Formais
Mas antes de adentrar no estudo, quero deixar claro que alguns operadores do direito, especialistas na área de trânsito, divergem a respeito de alguns destes itens. Uns consideram que alguns dos erros formais são na verdade erros processuais, ou alguns…